11ª Edição da Mostra Lutz: o cotidiano das práticas ambientais escolares


Em julho e agosto as escolas participantes da 11ª Edição da Mostra Prof. José Lutzenberger envolveram-se em oficinas e palestras oportunizadas pelo Empório da Mostra que reúne os serviços e apoios da comunidade aos projetos ambientais escolares:

Óleo de cozinha transformado em sabão
Em 02 de julho, as merendeiras Silce e Dilma da Escola Municipal Jandira da Silva facilitaram oficina de sabão ecológico na Escola Municipal Constância Pereira na comunidade da Gamboa.  Reciclando óleo de cozinha, 16 estudantes do 4o e 5o ano, acompanhados da Diretora, professoras e merendeiras participaram da oficina que orientou o processo de criação de sabão como oportunidade de geração de renda para a Escola e incentivo a reaproveitamento de óleo de cozinha.

No dia 20 de agosto, a atividade aconteceu na Escola Municipal Costa do Macacu, quando grupo de 14 crianças, acompanhadas de 02 professoras, diretora e merendeira participaram da oficina que demonstrou o uso sustentável do óleo usado de cozinha.

Merenda com sucos naturais e energizantes
A Escola Arvoredo recebeu em 05 de julho, Silvana Zilli, colaboradora do Gaia Village que facilitou oficina de sucos naturais para grupo de 04 professoras, 03 mães e 45 crianças do jardim e pré-escolar.  Foram apresentadas 04 receitas tendo por base frutas e hortaliças como maçã, abacaxi, mamão, limão, laranja, cenoura, folhas verdes e ervas aromáticas como manjericão, gengibre e hortelã. Houve degustação de todos os sucos ao mesmo tempo em que se apresentou o valor nutricional das frutas para uma vida saudável e com mais energia.

Policia Ambiental: permanente parceira no processo de educar para o ambiente
A profícua parceria estabelecida entre a Polícia Ambiental e a Mostra Lutz resultou em mais uma palestra, no dia 12 de julho, sobre o dia-a-dia da Corporação nas atividades de fiscalização e cumprimento da legislação ambiental. Os pequenos da Escola Arvoredo também conheceram a rotina dos policiais ambientais no apoio e resgate de animais silvestres, campanha de combate ao tráfico de animais. Chamou atenção do grupo de 45 crianças as armadilhas comumente utilizadas para capturar aves e pequenos mamíferos.


Mini Hortas: espaços de aprendizado e convivência com alimentos orgânicos
A Escola Crescer e Conhecer e a Escola Municipal Agostinho Botelho receberam Sandra, colaboradora do Gaia Village, para orientar a criação de mini-hortas.  Grupo de 35 crianças do pré- escolar e 1o ano, acompanhados da direção e 02 professores da Escola Crescer e Conhecer, que já tem em seu pátio hortas suspensas e minhocário, envolveram-se ativamente, trazendo vasos, cascalho, composto e grande diversidade de plantas medicinais e aromáticas para criação da mini-horta.

 Na Escola Agostinho, grupo de 26 crianças do pré-escolar e 1o ano, acompanhadas de 04 professores, merendeira e dirigente dedicaram a tarde do dia 13 de julho ao debate sobre as necessidades das plantas; importância da adubação orgânica  e relevância de uma alimentação saudável, culminando com a confecção de uma conjunto diversificado e colorido de mini-hortas.


No dia 13 de agosto, a Escola Municipal Jandira da Silva oportunizou 02 oficinas para turma do pré escolar - 16 crianças e 02 professoras e turma do 2o ano - 23 crianças e 02 professoras, totalizando envolvimento de 53 participantes. Aproveitando garrafas pet, foram plantadas preponderantemente ervas medicinais e aromáticas que serão expostas no muro/tela proteção da escola como horta vertical. Também foram plantados no pátio da escola, mudas de amora silvestre, acerola e mudas de babosa.


Energias limpas e renováveis: reais possibilidades de uso no cotidiano
Grupo de 15 estudantes do 4º e 5º anos, diretora, professoras e merendeiras da Escola Municipal Costa do Macacu participaram de palestra sobre Energias Limpas e Renováveis que abordou as formas de energia mais comuns que nossa sociedade utiliza; os impactos causados; O que são energias limpas; o funcionamento de um painel solar e um gerador eólico; Por que ainda é caro usarmos estes equipamentos e, que outras tecnologias já estão disponíveis para gerar eletricidade. Após a palestra, a Escola demonstrou interesse em construir um aquecedor solar de garrafas pet para aquecer a água da cozinha.


Em 16 agosto, Sandra facilitou palestra sobre energias limpas e renováveis na Escola Municipal Norberto Floriano, na comunidade da Encantada. Grupo de 03 professores e 21 estudantes do 5o ano debateram sobre a atual matriz energética e seus impactos. Houve significativo interesse em aprofundar o debate sobre as fontes renováveis de energia e as potencialidade de usos domésticos e industriais.


Sitio Pé do Morro compartilha sua experiência no cultivo de alimentos orgânicos
Nos dias 10 e 12 de julho os alunos das turmas do pré-escolar, 3ª e 5ª série do Centro Educacional de Ibiraquera visitaram o Sítio Pé do Morro com objetivo de observar o processo de cultivo e ampliar os conhecimentos sobre hortas orgânicas. Os estudantes esclareceram dúvidas ao entrevistar o agricultor orgânico Mariomar. Esta saída de estudos foi mais uma das atividades do projeto “Educando para Sustentabilidade”, inserido na 12ª Edição da Mostra Lutz, pois as turmas também cultivam a horta escolar e esta visita enriqueceu significativamente o trabalho na escola que vê a horta como canteiros de aprendizagem.



Comentários